Atualizações de dezembro, 2013 Ativar/desativar aninhamento de comentários | Atalhos do Teclado

  • Fm4lloc 1:16 am em 21 de December de 2013 Link Permanente | Resposta  

    Perl + Regex + Tempo Livre 

    Expressões regulares e muita imaginação para ofuscar este belo código :-).

    #!/usr/bin/perl
     
    $_=reverse
    "<3><>2<><>2<2>3<><3>2<3><2><><".
    ">2<2><><2><2>6<>2<>4<2><><><3>".
    "<2>2<3>6<>2<><>2<2>3<><3>2<>2<".
    "3><><>2<2>2<>3<2><>2<><2>3<2>2".
    "<>6<>4<5>6<>2<2>3<2><4><2>3<2>".
    "<2>3<2><2>3<><2>2<><2><2>2<2>3".
    "<><";s<(<(\d)?)|(>(\d)?)><$2?'0'
    x$2:$1?0:$4?'1'x$4:1>xeg;$_=pack
    "\x42\x2A",$_.$/;
    print;
    

    Saída:

    $ ./script.pl
    Fm4lloc | Liberte sua mente.
    
    Anúncios
     
  • Fm4lloc 1:08 am em 21 de December de 2013 Link Permanente | Resposta
    Tags: , backup, bash, calendário, , contatos, despertador, e-mail, sh, sms   

    Script: Fast Backup Android – backup de mensagens sms, contatos, calendário, despertador e e-mails 

    Escrevi esse script para automatizar o backup de dados considerados importantes no meu Android e exercitar um pouco de shellscript.

    Para tudo funcionar corretamente será necessário alterar a linha sequente com localização do adb (Android Debug Bridge).

    declare -r ADB_BIN="/usr/local/bin/adb"
    

    Para obter mais informações execute o script acompanhado do parâmetro -h ou –help.

    #!/bin/bash
     
    #  Automates the backup process android.
    #
    #  Written by: Fernando Magalhães (fm4lloc) <fm4lloc@gmail.com>
    #
    #  This program is free software; you can redistribute it and/or modify
    #  it under the terms of the GNU General Public License as published by
    #  the Free Software Foundation; either version 3 of the License, or
    #  (at your option) any later version.
    #  
     
    declare -r NAME="Fast Backup Android"
    declare -r VERSION="0.12.4"
     
    #  [SETTINGS] - full path to the binary: adb
    #
    declare -r ADB_BIN="/usr/local/bin/adb"
     
    #  [SETTINGS] - add the path of files or folders to backup.
    #
    #  ATTENTION! remove the bar (/) end.
    #  change this  : /a/b/c/
    #  for this     : /a/b/c
    #
    declare -r PATH_FILES=(
        "/data/data/com.android.providers.contacts/databases/contacts2.db"
        "/data/data/com.android.providers.telephony/databases/mmssms.db"
        "/data/data/com.android.providers.settings/databases/settings.db"
        "/data/data/com.android.providers.calendar/databases/calendar.db"
        "/data/data/com.android.deskclock/databases/alarms.db"
        "/data/data/com.android.email/databases"
        "/data/data/com.android.settings"
    )
     
    function help()
    {
        version
        echo -e \
        "\n  -b [<local>] | --backup [<local>]  - create backup."\
        "\n                                    "\
        "A folder will be created automatically if none is specified."\
        "\n  -r <local> | --restore <local>     - restore backup."\
        "\n  -h | --help                        - show this help message."\
        "\n  -v | --version                     - show version num."
    }
     
    function version()
    {
        echo "${NAME} version ${VERSION}"
    }
     
    function create_dir()
    {
        if [ "$1" == "" ]; then
            local -r dir_name="bkp-`date +%Y%m%d-%I%M%S`"
        else
            local -r dir_name="$1"
        fi
     
        if [ -d "$dir_name" ]; then
            echo "Error: $dir_name already exists. Run $0 again."
            exit -1
        else
            mkdir -v "$dir_name"
        fi
     
        backup_data
    }
     
    function backup_data()
    {
        echo "Started..."
        for (( i = 0 ; i < ${#PATH_FILES[@]} ; i++ )) do
            mkdir -p `expr "${dir_name}${PATH_FILES[$i]}" : '\(.*\/\)'`
            $ADB_BIN pull "${PATH_FILES[$i]}" "${dir_name}${PATH_FILES[$i]}"
        done
        echo "Finished!"
    }
     
    function check_restore()
    {
        local -r dir_restore=`echo "$1" | sed -e 's/\/$//g'`
        if [ -d "$dir_restore" ]
        then
            echo "Proceed with the restore? [N/y]"
            read -n 1 -r
            if [[ $REPLY =~ ^[Yy]$ ]]; then
                restore_data
            else
                exit -1
            fi
        else
            echo "Error: \"$dir_restore\" does not exists. :-("
            exit -1
        fi
    }
     
    function restore_data()
    {
        echo "Restoring..."
        for (( i = 0 ; i < ${#PATH_FILES[@]} ; i++ )) do
            $ADB_BIN push "${dir_restore}${PATH_FILES[$i]}" "${PATH_FILES[$i]}"
        done
        echo "Finished"
     
        echo "sync..."
        $ADB_BIN shell sync
        echo "reboot device..."
        $ADB_BIN shell reboot
        echo "Finished!"
    }
     
    # MAIN
        case $1 in
    -b | --backup)
        create_dir "$2"
        exit 0
        ;;
    -r | --restore)
        check_restore "$2"
        exit 0
        ;;
    -h | --help)
        help
        exit 0
        ;;
    -v | --version)
        version
        exit 0
        ;;
    *)
        echo -e "Try $0 -h' or $0 --help' for more information."
        exit 0
        ;;
    esac
    
     
  • Fm4lloc 1:04 am em 21 de December de 2013 Link Permanente | Resposta
    Tags: , defy, motorola, ,   

    Obtendo acesso ROOT no Motorola Defy PRO XT560 

    O procedimento foi executado no Motorola DEFY PRO XT560 rodando a versão 2.3.7 do Android. Caso queira restaurar a rom original siga esse outro tutorial – Restaurando a ROM original do Motorola XT560 (Defy Pro)

    UPDATE:

    Esse tutorial já não é a melhor opção para conseguir acesso root no Motorola defy pro (xt560). Se você deseja fazer isso de uma maneira mais fácil é recomendado fazer o download da versão 2.2 ou superior do SuperOneClick (DOWNLOAD), instalar os drivers da Motorola presente no pacote Motorola Motoluxe Root.rar postado logo abaixo e seguir os passos [2] e [4].

    Se isso não funcionar para você é só acompanhar o tutorial desde o passo [1].

    NOTA:

    O SuperOneClick usa exploits para dar acesso root, é normal que alguns antivírus não permitam a execução do programa no computador. Sendo assim, é necessário desabilitar o antivírus antes de roda-lo.

    Segue o link do pacote Motorola Motoluxe Root.rar contendo os arquivos necessários: DOWNLOAD

    Os arquivos utilizados são :

    1. Drivers para windows (Motohelper_2_0_53_driver_5_2_0_012027.zip);
    2. Software Update Tool (SUTLR_v1.7.5.zip);
    3. SuperOneClick (super_one_click_112520.rar);
    4. FXX_PR3_NV.xml

    [1] Após baixar os arquivos instale os drivers e o aplicativo Software Update Tool.

    [2] Ative o modo Depuração USB do XT560 acessando: Configurações > Aplicativos > Desenvolvimento. Depois de ativar plugue o aparelho no computador.

    device-2014-05-31-153759

    [3] Inicie o Update Tool, carregue o arquivo “FXX_PR3_NV.xml”, depois clique no botão avançar e aguarde processo terminar. O processo é relativamente rápido e exibe uma mensagem de sucesso ao final.

    [4] Abra SuperOneClick como administrador clicando sobre o executável com o botão direito do mouse e escolha a opção abrir como administrador. Clique sobre o botão root e aguarde o processo terminar.

    SuperOneClick é responsável por adicionar o binário su na pasta /system/bin do aparelho, além de instalar o Superuser.apk.

    Desconecte o aparelho do computador, reinicie o celular e verifique se o Superuser está instalado.

    Pronto!

    device-2014-05-31-154340

    device-2014-05-31-153848

    É importante ressaltar que o modo Depuração USB deve permanecer ativo para que seja possível invocar superpoderes, quando desativado o Superuser não trabalha corretamente.

    Referência : http://www.androidgadgematic.com/2012/08/how-to-root-motorola-motoluxe-237.html

     
    • patrick 5:44 pm em 24 de julho de 2014 Link Permanente | Resposta

      Muito bom!

    • jao ribeiro 11:48 pm em 23 de agosto de 2016 Link Permanente | Resposta

      Depois de fazer o root como deve acontecer a retirada dos aplicativos indesejados.

      • Fm4lloc 4:03 pm em 25 de agosto de 2016 Link Permanente | Resposta

        É só baixar o link2sd direto da Play Store e usá-lo para remover os aplicativos indesejados ou ainda movê-los para o cartão-sd caso queira.

c
escrever novo post
j
post seguinte/ comentário seguinte
k
post anterior/comentário anterior
r
Resposta
e
Editar
o
mostrar/esconder comentários
t
voltar ao topo
l
vá para login
h
mostrar/ocultar ajuda
shift + esc
Cancelar