Atualizações de julho, 2018 Ativar/desativar aninhamento de comentários | Atalhos do Teclado

  • Fm4lloc 1:17 am em 27 de July de 2018 Link Permanente | Resposta
    Tags: automate, , , mini, minideb, minimalist, , , , ,   

    Minideb – Debian Minimalista com openbox 

    Minideb

    Este é um pequeno projeto que escrevi para automatizar a pós-instalação do Debian, implementando um sistema limpo e minimalista com o Openbox;

    Atualmente testado no Debian 9.5, mas com atualizações para futuras versões do sistema.

    Para usar o script você deve instalar uma versão limpa do Debian, preferencialmente usando uma .iso netinstall, além disso, deve dispensar a instalação de sofwatres pré-definidos, como o caso de qualquer ambiente de Área de Trabalho. A única coisa que você deve instalar, opcionalmente, é os “utilitários de sistema padrão” se quiser um sistema menos cru.

    Modo de usar

    Antes de iniciar os trabalhos adicione o seu usuário ao grupo sudo seguindo as linhas abaixo, lembrando de substituir a palavra YOUR_USER pelo nome do utilizador do sistema.

    # su
    # apt-get install sudo
    # adduser YOUR_USER sudo
    # halt --r now
    

    Depois de adicionar o seu usuário ao grupo reinicie o sistema execute os seguintes comados:

    $ cd ~
    $ sudo apt-get install git
    $ git clone https://github.com/fm4lloc/minideb
    $ cd minideb
    $ chmod +x ./install.sh
    $ ./install.sh -i
    

    As configurações do openbox ainda contam com os seguintes atalhos de teclado:

    Esses atalhos podem ser modificados no arquivo /openbox/rc.xml

    Keyboard Shortcut Descrição
    Alt+F Abre o gerenciador de arquivos thunar
    Alt+E Abre o terminal Sakura
    Alt+2 Abre o lançador de aplicativos gmrun
    PrintScreen Tira foto da tela usando o scrot

    Links:
    ______
    https://github.com/fm4lloc/minideb

     
    • hapbrasil 2:55 pm em 5 de outubro de 2018 Link Permanente | Resposta

      Olá, primeiramente obrigado pelo script!
      Observação: aduser – deve ser: adduser
      ./install -i deve ser: ./install.sh -i

  • Fm4lloc 6:47 am em 21 de July de 2018 Link Permanente | Resposta
    Tags: adblock, bing, buscador, duckduckgo, google, https, privacidade, privacity, search, search engine   

    Add-on’s essenciais para manter a privacidade no Chromium 

    AdBlock Plus

    AdBlock Plus instalar
    “Navegue na internet sem se preocupar com as propagandas invasivas e inconvenientes.

    Adblock Plus para Google Chrome bloqueia:

    • Banners
    • Propagandas em vides do YouTube
    • Propagandas no Facebook
    • Pop-ups
    • Todo tipo de propaganda invasiva”

    HTTPS Everywhere

    HTTPS Everywhere instalar

    HTTPS Everywhere é um add-on desenvolvido pela Electronic Frontier Foundation para os navegadores Google Chrome, Mozilla Firefox e Opera, que ativa automaticamente o protocolo HTTPS para tornar a navegação mais segura. Além disso, ele permite bloquear todo e qualquer pedido não criptografado e criar regras de confiabilidade para determinado site.

    Scriptsafe

    ScriptSafe instalar

    Scriptsafe é um add-on utilizado para bloquear scripts durante a navegação, tornando mais segura. Conforme descrição do autor:

    “An extension that gives users control of the web and more secure browsing while emphasizing simplicity and intuitiveness:

    -whitelisting/blacklisting functionality and granular control
    -protection against fingerprinting (e.g. canvas)
    -protect against WebRTC leaks
    -automatic auto-syncing of settings AND whitelist/blacklists across your devices (via Google Sync)
    -actually speeds up browsing because it blocks a lot of unwanted content from being downloaded
    -remove , , , , , , , , , and elements, as well as webbugs
    -block unwanted content (MVPS HOSTS, hpHOSTS (ad / tracking servers only), Peter Lowe’s HOSTS Project, MalwareDomainList.com, and DNS-BH – Malware Domain Blocklist are integrated!)
    -block click-through referrer data
    -spoof referrer/user-agent/timezone data
    -block unwanted cookies
    -“intuitive” icon that changes based on whether or not a page is whitelisted/blacklisted/bypassed
    -shows number of blocked/removed items in toolbar
    -shows blocked/allowed items in tab details popup (along with item type)
    -bulk import domains into whitelist and blacklist
    -option to temporarily allow a page/temporarily allow all blocked items
    -choose the default mode (Block All or Allow All)
    -option to preserve same-domain elements
    -option to disable automatic refresh of pages after whitelisting/blacklisting/temp. bypassing a page
    -support for IPv6 addresses”

    DuckDuckGo Privacy Essentials

    Aproveitando a oportunidade para indicar o indexador DuckDuckgo para deixar como seu motor de busca padrão no navegador. Para definir como padrão siga esse link aqui.

    DuckDuckGo Privacy Essentials instalar

    • Evite as redes de localizadores de publicidade – A nossa proteção de privacidade bloqueará todos os localizadores ocultos que conseguirmos encontrar, revelando as principais redes de publicidade que o seguem ao longo do tempo, para que possa seguir quem está a tentar segui-lo.
    • Aumente a proteção de encriptação – Obrigamos os sites a utilizarem uma ligação encriptada sempre que disponível, para proteger os seus dados de olhares curiosos, como os fornecedores de serviços Internet.
    • Pesquise de forma privada – Partilha os seus dados mais pessoais com o seu motor de busca, como questões financeiras, médicas e políticas. O que pesquisa só a si lhe diz respeito, e é por isso que o DuckDuckGo não o segue. Nunca.
    • Descodifique as políticas de privacidade – Estabelecemos uma parceria com o Terms of Service Didn’t Read para incluir os respetivos resultados e etiquetas das políticas de privacidade e termos de serviço do website, sempre que disponíveis.

     
  • Fm4lloc 4:56 am em 21 de July de 2018 Link Permanente | Resposta
    Tags: chromium, diretorio, inode/directory, pasta, , thunar.desktop, xdg-mime   

    Definir o Thunar ou Outro Gerenciador de Arquivos Para Abrir como Padrão no Chromium 

    É irritante fazer o download de algo pelo navegador e depois de clicar na opção “mostrar na pasta”, algum aplicativo qualquer abrir no lugar do Thunar. Para corrigir esse problema de associação é muito simples.thunar_inode_directory

    Primeiro instale esse pacote:

    $ sudo apt-get install libfile-mimeinfo-perl
    

    Se já tiver instalado, tudo bem, uma coisa a menos para resolver. Agora veja quem está associado para abrir diretórios:

    $ xdg-mime query default inode/directory
    

    O meu retornou Audacious.desktop. O que fiz foi associar o Thunar com o comando:

    $ xdg-mime default Thunar.desktop inode/directory
    

    Pronto! Agora quado você clicar “em mostrar na pasta” ele vai abrir o Thunar. Essa mesma dica funciona para outros gerenciadores de arquivos, bastando trocar pelo nome dele.

     
  • Fm4lloc 10:32 pm em 20 de July de 2018 Link Permanente | Resposta
    Tags: autocomplete, , deb, , dica, howto, , , terminal, , ubuntu   

    Habilitar o Autocomplete do Bash 

    Olá, caros leitores!

    Essa é mais uma dica rápida ensinando como habilitar o autocomplete no terminal, aquele usando a tecla [tab].

    O primeiro passo é reinstalar o pacote bash-completion, para o caso de não existir ou você ter estragado alguma coisa, depois copiar o arquivo /etc/bash.bashrc para home nomeando-o direto para .bashrc

    $ sudo apt-get install --reinstall bash-completion
    $ cp /etc/bash.bashrc ~/.bashrc
    

    Após isso, abra o arquivo ~/.bashrc recém copiado com seu editor de textos favorito e encontre o trecho de código correspondente ao abaixo. Descomente as linhas removendo o caractere # (hashtag), só não faça isso para o comentário explicando o que aquilo faz.

    # enable bash completion in interactive shells
    #if ! shopt -oq posix; then
    #  if [ -f /usr/share/bash-completion/bash_completion ]; then
    #    . /usr/share/bash-completion/bash_completion
    #  elif [ -f /etc/bash_completion ]; then
    #    . /etc/bash_completion
    #  fi
    #fi
    

    O Resultado fica assim:

    # enable bash completion in interactive shells
    if ! shopt -oq posix; then
      if [ -f /usr/share/bash-completion/bash_completion ]; then
        . /usr/share/bash-completion/bash_completion
      elif [ -f /etc/bash_completion ]; then
        . /etc/bash_completion
      fi
    fi

    Agora salve o arquivo. O autocomplete já estará funcionando.

     
  • Fm4lloc 8:08 am em 5 de July de 2018 Link Permanente | Resposta
    Tags: password senha   

    Gerando Senhas Aleatórias e Seguras Pelo Terminal 

    Só executar:

    $ openssl rand -base64 32
    
     
c
escrever novo post
j
post seguinte/ comentário seguinte
k
post anterior/comentário anterior
r
Resposta
e
Editar
o
mostrar/esconder comentários
t
voltar ao topo
l
vá para login
h
mostrar/ocultar ajuda
shift + esc
Cancelar